Certificação SA8000: Uma questão de responsabilidade

O norma SA8000 é um dos principais padrões de certificação social para empresas e organizações em todo o mundo. Foi estabelecido pela Social Accountability International em 1997 como uma iniciativa de várias partes interessadas. Ao longo dos anos, a norma evoluiu para uma estrutura geral que ajuda organizações certificadas a demonstrar sua dedicação ao tratamento justo dos trabalhadores em todos os setores e em qualquer país.

A SA8000 tem sua última versão emitida no ano de 2014. As empresas que prezam pela responsabilidade social aderem a certificação desta norma, que também tem uma correspondente similar editada pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), onde temos a NBR 16001. Muitas pessoas confundem responsabilidade social com realização de ações sociais, mas não é bem assim.

A responsabilidade social é uma maneira de conduzir os negócios de forma a atender as necessidades de toda sociedade. A Norma SA8000 vem consolidar a cultura social nas organizações através da definição de políticas e procedimentos.

A SA8000 mede o desempenho social em oito áreas importantes para a responsabilidade social nos locais de trabalho, ancoradas por um elemento do sistema de gerenciamento que impulsiona a melhoria contínua em todas as áreas da Norma. É apreciado por marcas e líderes do setor por sua abordagem rigorosa para garantir a mais alta qualidade de conformidade social em suas cadeias de suprimentos, o tempo todo, sem sacrificar os interesses comerciais.

Os Elementos da Norma

1. Trabalho Infantil
2. Trabalho Forçado ou Obrigatório
3. Saúde e Segurança
4. Liberdade de Associação e Direito à Negociação Coletiva
5. Discriminação
6. Práticas Disciplinares
7. Horário de Trabalho
8. Remuneração
9. Sistema de Gestão

Em todos estes tópicos citados acima, a SA8000 define diretrizes para atendimento aos requisitos, fazendo com que a empresa, ao atender o requisito, tenha sua certificação concedida. As auditorias do organismo certificador nas empresas difere um pouco das auditorias de outros sistemas de gestão, tais como ISO9001, ISO14001, ISO45001, etc. As auditorias de responsabilidade social devem resguardar as informações dos colaboradores da empresa e as entrevistas são realizadas a portas fechadas com privacidade, e em grupos de colaboradores e individualmente, através de um critério definido em norma conforme a quantidade de colaboradores da empresa.

Logicamente que o auditor é preparado para analisar criticamente as informações e não se basear apenas em fatos pontuais ou até mesmo em colaboradores que queiram prejudicar a empresa. Por outro lado existem aqueles relatos verídicos, onde os colaboradores podem alegar assédio moral, discriminação racial, discriminação religiosa, trabalho forçado para cumprimento de horas extras, entre outros itens.

A questão salarial também merece um destaque, pois a SA8000 traz uma fórmula para cálculo do valor correto do salário que os colaboradores devem receber, sendo que esta fórmula considera que com o valor calculado o colaborador consigo ter uma vida digna.

Enfim, empresas com responsabilidade social comprovadamente certificada pela norma SA8000, além de atenderem a legislação vigente, também mostram a preocupação com a valorização das pessoas e o bem estar da sociedade.

 

Autor:
Eduardo Ercoli
Diretor e Consultor da Ercoli Consultoria

Linkedin

Teste grátis a ferramenta para gestão da qualidade Qualyteam

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *