Quais os erros mais comuns da gestão de pessoas?

Fazer a gestão de pessoas não é uma tarefa simples. Isso porque, ao mesmo tempo em que é preciso identificar as potencialidades dos colaboradores e alinhá-las às metas da corporação, o gestor ainda deve atentar-se a uma série de fatores capazes de comprometer o desempenho dos seus funcionários. Em um estágio de desenvolvimento onde tempo é dinheiro, a gestão de pessoas surge como um tema estratégico para as organizações.

Afinal, é necessário criar as condições ideais para que os trabalhos sejam desenvolvidos de forma cada vez mais eficiente e produtiva e esse objetivo só pode ser alcançado com a ajuda dos colaboradores. Pensando nisso, é preciso evitar alguns erros na gestão de pessoas. Veja quais são os principais a seguir!

Não dar feedback

O feedback é um instrumento muito importante para alinhar o perfil do colaborador aos objetivos e metas da empresa. Ele serve tanto para reforçar condutas positivas, quanto para apontar falhas e promover mudanças, dialogando com o trabalhador sobre o seu desempenho na organização.

Além de ser proveitoso para o êxito da atividade, o feedback também permite a evolução do profissional, pois dará ao colaborador segurança na execução das suas funções, guiando-o no caminho certo.

Não ter clareza na comunicação

Este é outro erro bastante comum nas empresas: a falta de clareza na comunicação. Seja na estipulação de metas, ao dar um feedback ao funcionário, a clareza e objetividade da mensagem são elementos fundamentais para que seja possível a sua perfeita compreensão e posterior execução.

Comandos obscuros, confusos ou ambíguos prejudicam o entendimento da equipe e comprometem a segurança dos trabalhadores, que não terão como saber exatamente o que deles é esperado e, por conta disso, podem acabar apresentando baixo desempenho. Portanto, a regra é simples: para ser bem compreendido, faça-se compreender, apostando na clareza e na simplicidade.

Não investir em treinamento e capacitação

O aperfeiçoamento funcional é indispensável para que os colaboradores possam executar suas funções de maneira cada vez mais eficiente. Para isso, é necessário que a empresa invista em cursos de capacitação e treinamento adequados.

A ausência de investimentos na qualificação da equipe é um dos maiores erros que podem ser cometidos pelo setor de recursos humanos. Afinal, são os trabalhadores os principais protagonistas das atividades desenvolvidas pela empresa. Incrementar o seu desempenho é, portanto, aumentar a produtividade da própria organização.

Deixar os talentos escaparem

Poder contar com profissionais qualificados e comprometidos com o sucesso da empresa é o desejo da maioria dos empreendedores. Contudo, para que isso seja possível, não basta recrutar os melhores profissionais na entrevista de emprego, é preciso oferecer boas condições de trabalho, investindo num ambiente que proporcione ascensão e desenvolvimento ao colaborador, tanto profissional, quanto pessoal.

Em um mercado cada vez mais competitivo, é imprescindível que a organização consiga manter os seus talentos, pois, além deles significarem um importante diferencial qualitativo, a sua permanência na empresa eleva o status da organização e contribui para a excelência dos trabalhados desenvolvidos.

Eses são os principais erros da gestão de pessoas, mas existem muitos outros, que devem ser igualmente evitados. A organização deve ficar atenta à qualidade do clima organizacional, ao nível de motivação da equipe e à rigidez das relações interpessoais. Evitar problemas na gestão de pessoas é uma forma de contribuir para a eficiência dos trabalhos, pois os colaboradores são a força propulsora da empresa.

Gostou do nosso artigo sobre os principais erros de gestão de pessoas? Então curta a nossa página no Facebook e fique por dentro das nossas publicações!

Teste grátis a ferramenta para gestão da qualidade Qualyteam

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.