O que é um sistema ERP e por que ele é fundamental para a sua empresa?

A tecnologia é a alavanca para o crescimento de qualquer empresa, independentemente do porte e segmento de atuação. Mas, muitas vezes, no início das operações, os empreendedores acabam controlando os processos e finanças da empresa por meio de livros de anotações ou até mesmo as boas e velhas planilhas eletrônicas.

Tais métodos até funcionam enquanto a organização dá seus primeiros passos, mas acabam se tornando deficitários conforme as novas necessidades vão surgindo: aumento do volume de produção, contratação de mais funcionários, modernização das operações, etc. E é aí que começam a surgir os problemas: divergências entre os números do financeiro, estoque, produção e faturamento — o que limita o crescimento.

Uma das soluções que vêm sendo utilizadas pelas empresas é a adoção de um sistema integrado de gestão empresarial, ou ERP (Enterprise Resource Planning). Mas o que é um sistema ERP? Quais são os benefícios? Fique de olho no nosso post de hoje e esclareça suas dúvidas!

O que é um sistema ERP?

ERP, sigla para Enterprise Resource Planning, ou Planejamento de Recursos Empresariais, é um software que permite que uma empresa possa integrar e gerenciar todas as informações operacionais, administrativas e gerenciais, automatizando os processos e buscando profissionalizar a gestão da organização.

Com um sistema ERP, é possível ter todas as operações integradas, o que leva a otimizar os recursos disponíveis, antever cenários e potencializar as chances de sucesso da empresa.

Quais são os benefícios da implantação de um sistema ERP?

Mas quais seriam os benefícios da implantação de um sistema ERP para sua empresa? Vejamos:

Melhoria na comunicação

Ter vários sistemas para gerar informações isoladas e que podem levar a interpretações erradas pode ser um grande problema para a tomada de decisão. Imagine cada departamento da empresa com um sistema diferente e que gera suas próprias informações: um para contas a pagar, outro para contas a receber, outro para gerar folha de pagamento, um para gerenciar tributos, outro para gerar relatórios e analisar metas e desempenho — todos tratando as informações de forma descentralizada.

Complicado, não é? Mas, com um sistema ERP, isso muda. Ele faz com que todas as informações componham uma única plataforma, facilitando o acesso aos dados e trazendo melhorias na comunicação entre os vários setores — tornando as tarefas mais ágeis e, consequentemente, aumentando a produtividade.

Redução de erros

Um ERP mantém o histórico de informações que ocorrem dentro da empresa, o que ajuda o gestor a identificar as ocorrências e a implementar ações que possam ser tomadas para evitar que falhas e erros operacionais levem a resultados insatisfatórios. Assim, é possível planejar os recursos e o tempo necessário para o cumprimento das operações, reduzindo custos e riscos.

Maior controle dos pedidos dos clientes

Por ser um sistema que centraliza as informações, é possível ter maior controle sobre todas as compras e vendas da empresa. Ou seja, o empreendedor mantém com maior segurança o controle dos pedidos dos clientes e pode estabelecer estratégias que levem a uma maior agilidade no processo de execução, administrando melhor o estoque, produção e transporte, pós-venda, preços praticados, além de obter o histórico de cada comprador.

Padronização dos processos

Sistemas ERPs possuem métodos e procedimentos padronizados, baseados em boas práticas e no plano de negócio. Quando uma empresa utiliza um sistema integrado e que padroniza os processos, reduz os custos produtivos e otimiza o tempo (já que elimina controles manuais e ineficazes), que, consequentemente, são convertidos em uma maior produtividade e melhores resultados.

Qualidade das informações

Como todas as informações passam a compor uma única plataforma, o ERP garante maior relevância nos dados gerados e sem controles paralelos, oferecendo maior qualidade para que todos os setores possam acessar dados únicos e que não levem a decisões equivocadas.

Controle eficiente de custos

Com um acompanhamento contínuo do que foi planejado e realizado, o gestor pode identificar quais os gargalos que estão impedindo o crescimento da empresa e saber o momento exato de agir. Mapear os custos da empresa é uma das grandes vantagens de um sistema ERP, o que leva a cortes ou reduções sem gerar perdas e prejuízos.

E então, ficou alguma dúvida sobre o que é um sistema ERP? Sua empresa já adotou a solução nos processos internos? Deixe um comentário!

Teste grátis a ferramenta para gestão da qualidade Qualyteam

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.