Gestão de riscos: você sabe o que é um fluxo de ação corretiva?

Em tempos de crise, é fundamental ter absoluto controle sobre todas os setores da sua empresa e dar atenção adequada à gestão de riscos. Até mesmo as pequenas empresas devem ficar de olho no desempenho e investir em um sistema de gestão de qualidade. Dentro do ISO 9001, existem três tipos de ações para quando ocorrem problemas. São elas: ação imediata, ação corretiva e ação preventiva.

A ação imediata é aquela que tomamos assim que o problema acontece, para amenizar os transtornos. A ação preventiva é a ação que adotamos antes do problema acontecer, fazendo de tudo para que nunca tenhamos que executar as outras duas ações. No post de hoje, você vai conhecer a importância da ação corretiva na gestão de risco. Quer saber mais? Continue lendo!

Ação corretiva na gestão de risco

A ação corretiva é um processo do sistema de gestão de qualidade especificado pela ISO 9001 para garantir a eficiência e a coerência dos processos da organização. Diante de um problema, é fundamental identificar sua causa e tomar a atitude certa para que ele não volte a acontecer.

As ações podem ser variadas, como um treinamento, ou o desenvolvimento de uma nova embalagem, ou um novo sistema de armazenamento, por exemplo. Em termos mais simples, é preciso ser muito crítico para eliminar de uma vez por todas o problema, caso contrário, as causas de não conformidade vão continuar se repetindo.

É preciso ter isso claro para não confundir a ação corretiva com a ação de correção, também conhecida como imediata ou de contenção. A ação de correção é aquela tomada imediatamente quando é identificado o problema. Essa ação o resolve na hora, mas não vai mostrar suas causas nem impedir que o mesmo dano se repita outras vezes.

Vamos para um exemplo mais prático para clarear as coisas. Um cliente recebe um móvel com um pacote de parafusos faltando. A ação de correção será enviar o mais rápido possível um pacote para o cliente e solucionar esse problema. Já a ação corretiva, nesse caso, envolve verificar em qual parte do processo os pacotes de parafusos estão sumindo e modificar o sistema de embalagem para garantir que os parafusos não fiquem de fora outra vez.

Gestão da Qualidade para ISO 9001

A norma ISO 9001 é um componente estratégico que define requisitos para o sistema de gestão da qualidade e a forma como uma empresa deve ser gerenciada. Atualmente, ela é aplicada em cerca de 170 países e mais de um milhão de empresas já possuem essa certificação.

O sistema de gestão da qualidade pode mudar radicalmente a forma como uma empresa é gerenciada e como são realizados seus processos internos. Mas, a certeza é uma só: o SGQ vai ajudar a melhorar continuamente, incrementar a qualidade do seu produto e deixar seus clientes muito mais satisfeitos.

Então, sua pergunta final deve ser: e tudo isso vai gerar mais lucro? A resposta é sim! Pesquisas já apontam que empresas que investem em sistemas de gestão de qualidade economizam muito dinheiro com os processos errados e pouco otimizados, resultando em retorno.

Quer saber ainda mais? Confira os resultados que podem ser obtidos através da adoção de um software de gestão da qualidade!

Teste grátis a ferramenta para gestão da qualidade Qualyteam

2 comentários sobre “Gestão de riscos: você sabe o que é um fluxo de ação corretiva?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.