Capacitação profissional: por que se capacitar em gestão?

Se você analisar a vida de grandes empresários ao longo da história, perceberá que muitos deles aprenderam fazendo. Sem formação em áreas como gestão ou administração, eles levaram seus negócios de maneira mais intuitiva e com menos técnica. Principalmente até meados do século XX, a condução de empresas era mais baseada na prática, ou melhor, na tentativa acerto/erro.

Mas o que mudou de lá pra cá? Por que a fórmula da prática não funciona mais hoje? Atualmente, um profissional não sustenta-se no mercado sem capacitação profissional. Na área de gestão, essa necessidade é a mesma. A dinâmica dos tempos de hoje é outra e não há tanta tolerância ao erro na área dos negócios. Um erro pode representar a saída definitiva do mercado.

Confira alguns motivos pelos quais você deve se capacitar em gestão:

Gerir não é dom

Muitas pessoas falam que a gestão é um dom. Nada disso. Alguns indivíduos podem nascer com habilidades para gerir, mas essa é uma característica que pode ser aprendida e treinada. A capacitação profissional é essencial para ajudar a criar a rotina de gestão. Além da graduação, é possível fazer cursos rápidos, participar de seminários e outras formas de capacitação rápidas.

Criar cultura de capacitação

As capacitações devem ser uma rotina para qualquer profissional de gestão. Não adianta fazer um curso por ano e achar que a equipe está bem preparada. É preciso cumprir um calendário regular de treinamentos que incluam diversas modalidades de cursos. Quando existe um calendário definido — e quando ele é seguido —, cria-se uma cultura de capacitação na instituição que motiva a todos.

Capacitar de acordo com as suas necessidades

A sua empresa não precisa oferecer a capacitação profissional que a concorrência está oferecendo — da mesma forma que você não deve consumir pacotes de treinamentos aleatórios que são consumidos no mercado. Os treinamentos devem ser de acordo com as necessidades da sua empresa. E os diferentes perfis dos seus colaboradores também devem ser considerados para que a capacitação seja mais efetiva.

Realizar treinamentos formais e informais

Há muitas maneiras de se capacitar em gestão. Uma delas é conhecendo histórias de sucesso e fracasso de outras instituições. A análise dos famosos cases empresariais é uma forma didática de entender um pouco mais de gestão, identificando o que deu certo para repetir e o que deu errado em cada trajetória para ser evitado. Os treinamentos não devem acontecer apenas de maneira formal, em sala de aula e com material didático. Uma reunião pode ser um importante momento de promover uma capacitação.

Saber que o aprendizado em gestão é constante

Quando o assunto é gestão, não há como aprender tudo o que existe e usar de uma vez no seu dia a dia. Gerir é algo totalmente dinâmico. Uma prática que deu certo hoje em determinado contexto pode não funcionar amanhã. Tudo deve ser analisado de acordo com as especificidades do problema e do momento, por isso, o aprendizado em gestão precisa ser constante.

Como a capacitação profissional tem contribuído para melhorar os resultados da sua gestão? Deixe um comentário!

Teste grátis a ferramenta para gestão da qualidade Qualyteam

3 comentários sobre “Capacitação profissional: por que se capacitar em gestão?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.