A mulher da Qualidade na Jequiti

Suelen Belinassi está na Jequiti há mais de 5 anos, é a responsável pela qualidade dos produtos e distribuição em todo o Brasil. Formada em Biologia, especialista em Sustentabilidade Empresarial e Governança Corporativa, Suelen fala sobre o papel da qualidade na Jequiti, a integração da qualidade com a logística, e do que trata-se o chamado “pedido perfeito”.

 

1) Como é formada a gestão da qualidade na Jequiti?

A qualidade na Jequiti é composta por um modelo novo de gestão, temos no time uma consultoria especializada em garantia da qualidade com uma equipe dedicada à nossa operação. O time terceirizado é composto por analistas de controle e garantia da qualidade, consultor especializado em auditorias e acompanhamento de fornecedores, além de um coordenador voltado à garantia. Há quatro meses houve a fusão de algumas áreas da Diretoria de operações e a qualidade e logística são vistas atualmente como um único processo, responsável por assegurar a qualidade dos produtos fornecidos pela fábricas contratadas pelo controle da qualidade dos produtos recebidos, por manter um estoque saudável dentro das especificações, pela gestão da armazenagem de acordo com as boas práticas e, finalmente, pela separação e transporte para os nossos consultores.

 

2) A Jequiti já superou alguma dificuldade que possa ser compartilhada com os outros profissionais da qualidade leitores do blog?

Considero qualidade como uma área desafiadora, onde é preciso reconhecer e balizar prioridades entre o que é crítico e aceitável. A flexibilidade ao meu ver é um dos pontos chave no qual os profissionais da área podem se desenvolver, pensando no estratégico, e em prol do negócio como um todo. Por vezes nos deparamos com condições em que nem sempre é possível atuar na margem do ideal, e ser flexível favorece a busca pelo melhor caminho, revendo conceitos enraizados, e atuando de acordo com que é interessante para a empresa e realmente importante para o perfil de clientes. Nossa missão é prover boas experiências, é conquistar clientes pela qualidade dos produtos!

 

3) Qual a importância da qualidade para quem quer ser fornecedor da Jequiti?

A Jequiti tem 100% de seus produtos fabricados em seus parceiros. A partir daí pode-se se ter uma ideia da importância dos fornecedores, e igualmente o nível de exigência em qualidade, que deve ser o mesmo se tivéssemos fabricação própria. Nossos fornecedores são homologados, desenvolvidos, auditados e acompanhados constantemente para mantermos o padrão desejado. Há uma equipe técnica voltada ao desenvolvimento das fórmulas e embalagens que, assim como a qualidade, é responsável por prover recursos e especificações para assegurar o resultado final nas fábricas. Temos uma relação de parceria e transparência muito bacana com os nossos fornecedores, nesse sentido a qualidade atua buscando melhorias a partir dos pontos identificados nas auditorias, inspeções de recebimento e percepção de nossos consultores de vendas e clientes à respeito de nossos produtos e serviços. Os fornecedores recebem mensalmente informações necessárias para avaliarem a qualidade do serviço e tem metas arrojadas buscando a excelência.

 

4) Quais os planos na área da qualidade para 2016 na Jequiti?

O cenário nacional e a retração da economia fizeram com que o mercado se reposicionasse nos últimos meses. Em momentos como esse, buscamos reavaliar processos encontrando oportunidades, fazer melhor e otimizar! Nesse sentido, um de nossos desafios para 2016 é trabalhar com qualidade assegurada com os nossos fornecedores de produto acabado, acompanhando-os mensalmente e implementando planos de melhoria. Internamente, com a recente fusão das áreas, o desafio é trazer para os processos de logística e distribuição algumas ferramentas de trabalho da qualidade, como análise crítica e PDCA, visando especialmente a redução de perdas de estoque nas movimentações de materiais e a melhoria contínua da performance de atendimento, aqui chamado de pedido perfeito.

 

5) Como tem sido a sua experiência acompanhando a evolução da qualidade nos fornecedores da Jequiti? Houve melhoras? Alguns evoluíram mais do que outros?

São quase 6 anos acompanhando as fábricas e a evolução em qualidade. Temos parceiros grandes que atendem outras empresas renomadas do segmento de cosméticos e alguns terceiros menores. Durante esses anos percebi que as fábricas menores, mesmo as vezes com recursos limitados, tem um desempenho melhor comparado às demais. Acredito que tenha relação com a interdependência do negócio e por terem boa parte da produção voltada para ao atendimento da Jequiti, nesses casos acabam estendendo nossos requisitos e especificações para todo o processo fabril, o resultado é um índice mais baixo de não conformidades e aumento dos itens fornecidos em qualidade assegurada.

 

6) Quais atitudes destacam a qualidade em alguns fornecedores, e quais defeitos são mais evidentes nos que possuem piores resultados?

Temos comunicação bastante transparente com nossos fornecedores, e vemos nisso oportunidade de desenvolvê-los para reduzirmos as reclamações e elevarmos a percepção da qualidade de nossos produtos. Os fornecedores que melhor destacam-se são aqueles que utilizam nossas informações e notificações (RNCs), em prol da melhoria dos processos, e que estendem isso para os fornecedores de insumos em toda a cadeia produtiva. A demora na devolutiva e tratativa das não conformidades identificadas no produto acabado, implica em piores performances e isso é considerado quando determinamos o fornecedor para cada tipo de produto. Os melhores tem também as maiores carteiras de produção.

 

7) Quais ferramentas e tecnologias a Jequiti utiliza para auxiliar na qualidade?

Para nos auxiliar na gestão da qualidade, utilizamos há dois anos o software Qualyteam. Antes da implementação tínhamos dificuldade para gerenciar as informações, e ter visão geral do sistema, o controle das inspeções de recebimento era feito em planilhas; os relatórios de não conformidade enviados para os fornecedores por email; as políticas e procedimentos oficiais da companhia não ficavam centralizados e disponíveis para todos; as calibrações eram realizadas e acompanhadas de forma isolada por cada setor.

Inicialmente implementamos os módulos mais críticos, o DOC e BUY, e hoje temos todo o Sistema de Gestão da Qualidade dentro da ferramenta. O Qualyteam nos trouxe uma gama de facilidades, os documentos, RNCs, indicadores, calibrações e auditorias internas são gerenciados eletronicamente, e contamos com a segurança que o sistema irá apontar a necessidade de revisão/tomada de ação via workflow, e isso nos ajuda muito, no sentido de que, as tarefas sejam realizadas dentro do prazo estabelecido e acompanhadas visando melhorar continuamente.

 

———-

Conheça a história da Jequiti: www.jequiti.com.br

Veja como o software da Qualyteam pode ajudar sua empresa: www.qualyteam.com.br

Teste grátis a ferramenta para gestão da qualidade Qualyteam

2 comentários sobre “A mulher da Qualidade na Jequiti

  1. Muito boas as respostas! Parabéns! Integrar produção e qualidade numa indústria não é facil e a gestão da qualidade tem que demonstrar sempre uma melhoria continua… Se ficar na mesmice de consertar apenas quando se encontra a não conformidade nunca haverá melhoria. Tem que se prevenir e melhorar antes de qualquer apontamento… Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.