Aprenda como tratar não conformidades na sua empresa

Você já ouviu falar em não conformidades? Quem trabalha no setor de qualidade de uma empresa, certamente, já ouviu falar muito sobre esse assunto. Mas, se não é o seu caso, não se preocupe. No post de hoje, vamos explicar o que são, como registrá-las e como tratar não conformidades.

Continue lendo e saiba mais!

O que são não conformidades?

De acordo com requisito 3.6.1 da ISO 9001, é chamado de não conformidade qualquer fato que se apresente não conforme com aquilo que se esperava.

Isso quer dizer que uma não conformidade pode ser desde um produto com defeito estético ou operacional, até uma entrega atrasada ou um atendimento mal realizado, por exemplo.

Não é por isso, porém, que as não conformidades precisam ser vistas sempre como algo ruim. Para os gestores, esse tipo de acontecimento pode servir muito como aprendizado, uma vez que, com os erros cometidos, é possível pensar formas de aperfeiçoamento para os produtos ou serviços prestados pela organização.

É justamente quando acontece um evento não conforme que se aplicam outros conceitos também muito conhecidos pelos profissionais de gestão da qualidade, a ação corretiva e a ação preventiva.

O que é ação de correção e ação corretiva em gestão da qualidade?

Ainda citando a ISO 9001, agora, em seu requisito 3.6.5, ação corretiva é uma ação planejada para eliminar a causa de uma não conformidade indesejável.

Ou seja, depois de diagnosticado algo não conforme, os gestores da qualidade deverão pesquisar as causas do acontecimento para planejar uma ação de correção que resolva a situação.

Para exemplificar esses conceitos, imagine que um cano de água estourou e um setor da empresa ficou totalmente inundado. A primeira coisa a fazer, obviamente, é encontrar uma forma de estancar o vazamento e escoar a água. Isso é uma ação de correção.

No entanto, só corrigir o problema não basta! É necessário evitar que ele volte a se repetir e, para isso, é necessário uma ação corretiva.

Depois de resolvido o problema, deve-se pesquisar o que ocasionou o rompimento dos canos e propor uma medida para que o problema não volte a acontecer. Essa medida é o que chamamos de ação corretiva.

Como registrar uma não conformidade?

Geralmente, a pessoa que emite um relatório de não conformidade não é quem irá desenvolver uma ação corretiva para que o erro não volte acontecer. É por isso que o redator do registro precisa ter um bom conhecimento de escrita, de modo que o entendimento de quem irá ler o relatório seja facilitado.

Hoje em dia, existem muitos softwares que facilitam o registro de não conformidades. Esses programas são bastante úteis porque possuem campos como data, requisitos, evidências e graduação do acontecimento, fazendo com que todos os detalhes importantes sejam registrados no relatório, sem que o redator tenha como deixar de detalhar algum dado importante por esquecimento ou por desconhecimento da necessidade.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre como tratar não conformidades ficou mais fácil tomar uma decisão quando algo desse gênero acontecer em sua empresa, não é mesmo?

Se ainda ficou alguma dúvida, utilize nosso espaço para comentários para compartilhá-la conosco!

Teste grátis a ferramenta para gestão da qualidade Qualyteam

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.