ISO 9001:2015 / Seções 9 e 10: Avaliação e Melhoria

Realizamos um webinar sobre as seções 9 e 10, avaliação de desempenho e melhoria. Obrigado a todos que participaram e enviaram suas dúvidas!

Abaixo as perguntas feitas durante este webinar e as respostas do Ivan:

1) O ciclo completo de auditoria da minha organização é anual, mas temos muitos sites para serem auditados. Há algum inconveniente em ampliar esse período por exemplo, para dois anos?

R: Não há nenhum inconveniente, até porque a norma diz que os programas de auditorias precisam ser realizados em intervalos planejados, ela não diz qual o intervalo, então esta é uma definição da organização. Eu tenho sugerido para algumas empresas que sim, definam o programa ou aumentem até o período como é o caso, pelo o que você está sinalizando, estendem ou podem estender o prazo para mais de um ano, e isso é interessante porque da mais tempo para poder gerir estas informações.

2) Qual a sua opinião para análises críticas parciais complementando a reunião principal?

R: Não vejo como nada negativo para o sistema de gestão, apenas tenha o cuidado com o sistema de gestão para ser implementado de maneira a não trazer muita informação, porque não basta só monitorar ou levantar a informação, é importante que estes resultados sejam monitorados e gerenciados, então se isso é feito de maneira fragmentada, o tempo inteiro você vai estar gerando ações corretivas, gerenciando o seu sistema, e isso pode trazer inclusive dificuldade para os gestores.

3) Devido avaliação anterior da direção, o tratamento da análise critica pela direção que eram reuniões, fora substituída por relatórios trimestrais com dados entradas/saídas. O que você acha Ivan?

R: Em síntese, se você conseguir evidenciar através de informação documentada, seja qual for ela as entradas e saídas que o requisito exige, você não terá problema nenhum durante o processo de auditoria.

4) Como acontecerá na prática a Gestão de Riscos, Não conformidades e Ação Corretiva? Conforme 10.2.1 item E?

R: Identifique os riscos, classifique eles em críticos e não críticos e implemente ações para controle destes riscos, então de uma maneira geral, para atender a Seção 10, você vai ter de mostrar a consistência nessa relação, identifiquei os riscos, montei os planos de ação, aqueles que são críticos eu tenho ações de contenção? Ações de mitigação? Ou até de eliminação? E estes planos de ação estão sendo desenvolvidos? A sistemática de implementação de ação corretiva em relação ao que já era cobrado na versão 2008, não tem mudança.

5) Sabemos do pioneirismo da Qualyteam quanto aos Softwares de apoio à Gestão da Qualidade. Com base nisso, como está a adequação/atualização dos módulos para a nova versão da norma?

R: É uma pergunta pertinente, já que temos essa preocupação. Todos os módulos que nós desenvolvemos para atender a gestão da qualidade foram alvo destas mudanças, o módulo de gestão de indicadores já está para entrar em publicação, o de gestão de auditorias está bem mais leve também já em sua fase final, já iniciamos o desenvolvimento de um módulo para a gestão de riscos, para dar suporte não somente a ISO 9001, mas também a todas as normas que falam sobre a parte ambiental e de segurança, e você pode ter certeza que nós estamos levando todos estes aspectos para atender a todos da melhor maneira possível.

 

Ainda tem dúvidas? Deixe seu comentário aqui embaixo.

Teste grátis a ferramenta para gestão da qualidade Qualyteam

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.