ISO 9001:2015 / Seção 6: Planejamento

Realizamos um webinar sobre a seção 6, que trata sobre o planejamento do sistema de gestão da qualidade. Obrigado a todos que participaram e enviaram suas dúvidas.

Abaixo temos as perguntas feitas durante o evento e respondidas pelo Ivan:

1) Qual a periodicidade indicada/recomendada para revisão dos objetivos da Qualidade? Apenas nas reuniões de Análise Crítica?

R: A norma não define a periodicidade indicada, ela diz que os objetivos da qualidade precisam ser atualizados e revisados dentro do entendimento da organização.

2) Em minha empresa, a pessoa responsável pela qualidade é terceirizada e o acesso a documentação e repasse de informações a colaboradores(auditores internos) é difícil. Como fazer para mudar esta realidade?

R: Acredito que você tenha um sério problema nas mãos, pois a gestão da qualidade por si só ela é estratégica para a organização e é fundamental que esteja na mão da organização, independentemente de que maneira você tenha terceirizado ou a empresa tenha terceirizado essa informação, só isso já constitui uma dificuldade de acesso às informações, porque ela precisa estar disponível. A minha sugestão é que a alta direção reveja essa informação e que se desenvolva uma estrutura interna que possua um domínio do sistema.

3) É necessário que todos os indicadores de desempenho estejam ligados aos Objetivos da Qualidade?

R: Não é necessário, a norma não diz sobre esta obrigatoriedade, ela só diz que os objetivos da qualidade precisam ser mensurados.

4) Você poderia falar mais um pouco sobre os objetivos da qualidade quanto a forma de mensurar e como conseguir convencer a alta direção de que os objetivos devem ser também estratégicos da organização?

R: Essa pergunta evidencia a departamentalização da gestão dentro do sistema de gestão da qualidade, ou seja, demonstra que é definido para uma área, e isso significa que a alta direção não participa ativamente. Eu diria para você, a norma vai forçar um pouco mais isso, como já visto na Seção 5, a alta direção deve entender que eles precisam se envolver mais com o sistema e rever a maneira como os objetivos da qualidade e indicadores são mensurados.

5) Como os auditores se posicionarão quanto a evidenciação para cada um destes requisitos do bloco 6?

R: A abordagem não vai ser diferente do que já vem sendo feito, o que é importante, é que esta abordagem ela vai ser evidenciada principalmente durante a Operação do sistema, na Seção 8, então tudo o que é construído nas primeiras seções, 4, 5,  6 e 7, vai ser implementadas na Seção 8.

6) Eu tenho auditoria ISO 9001 em janeiro 2016. Já será considerado a nova versão ou vou ser auditado pelo sistema antigo ainda?

R: A norma já foi publicada, significa que há um período de 3 anos para essa migração, então até os próximos 2 anos, é uma definição da organização em que sistema de gestão ela quer ser certificada, e nesta auditoria de 2016, você pode ser perfeitamente auditado na versão 2015.

7) Quantos ciclos de indicadores são necessários para solicitar a auditoria de certificação?

R: Não há uma regra, mas o que é importante? É que a medida que você implementa o sistema de gestão da qualidade e vai monitorando os processos ou objetivos da qualidade através de indicadores, você vai criando um histórico, e também uma tendência de resultados, então é importante que a organização evidencie isso. Se a gente perceber que o ciclo do PDCA de uma maneira geral está sendo implementado na organização, isso nos mostra que ela aplica de maneira eficiente o sistema de gestão da qualidade.

8) Como quebrar as resistências quando da transição da informação operacional propriamente dita e passar à uma gestão informatizada. Onde começar a sua implementação para apoio e compra destas ideais?

R: A grande dificuldade que existe hoje na informatização dessa informação, está relacionada ao software, à ferramenta utilizada. Então o que é importante? Que as lideranças percebam que há uma oportunidade de otimização no fluxo, gestão e velocidade que estas informações são processadas através de ferramentas ou softwares que agilizem esse processo, e estes precisam ser construídos com base em 2 requisitos, atender à norma, e ser simples.

 

Ainda tem dúvidas? Deixe seu comentário aqui embaixo.

Teste grátis a ferramenta para gestão da qualidade Qualyteam

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.