O que é internet das coisas?

Quem nunca sonhou em viver como os Jetsons?

Entenda de uma vez por todas o que significa o termo do momento. 

Internet das coisas é um termo bastante novo, porém, que vem sendo discutido e analisado há bastante tempo. A chamada internet das coisas tem como proposta fundamental conectar todos os itens que são usados no dia a dia à rede mundial de computadores. Além dos tradicionais smartphones e tablets, cada dia surgem mais equipamentos que podem ser conectados à web.

Em 1999 que Kevin Ashton do MIT sugeriu o termo “Internet das coisas”. Dez anos após ele escreveu o artigo “A Coisa da Internet das Coisas” para o RFID Journal (leia, em inglês, aqui).

A edição 2014 do Mobile World Congress, realizado em Barcelona, mostrou bem como a chamada “Internet das Coisas” está cada vez mais presente em vários setores da tecnologia. A expressão está se tornando mais do que apenas um hype, ou seja, uma nova promoção sensacionalista. O evento foi palco para a exposição de uma variedade estonteante de wearable devices, com capacidade de comunicação em rede, sistemas de segurança de automóveis, equipamentos de infoentretenimento e tecnologia de monitoração para todos os tipos de aparelhos de consumo e industriais.

Vivendo como nos Jetsons!

Em casa: Como no famoso desenho da década de 1960, objetos dentro de casas inteligentes falarão entre si para facilitar atividades diárias: o despertador avisará a cafeteira que a pessoa está prestes a acordar e que se deve começar o preparo do café. Enquanto isso a geladeira cria uma notificação de que está na hora de fazer as compras e o despertador avisa o usuário de suas tarefas do dia antes mesmo de levantar da cama.

Na rua: Sensores de ré, velocidade e distância, faróis automáticos e outras tecnologias já estão presentes em alguns automóveis. A Internet das Coisas, no entanto, pretende normalizar carros independentes, que dirijam sozinhos, criem rotas alternativas e façam a previsão do tempo de viagem, por exemplo.

No trabalho: Ao invés de teleconferências, a evolução da computação possibilitará a criação de hologramas para estabelecer reuniões à distância.

Durante as compras: Eletrodomésticos da cozinha, por exemplo, poderão identificar a falta de algum alimento e realizar a compra em um supermercado. Você poderá passar em um drive-thru e apenas recolher os produtos.

O mundo vai passar por uma constante mudança nos próximo 5 anos. A tecnologia vem crescendo e expandindo de forma assustadora. Cada dia novas coisas são criadas e implementadas.

Apenas uma coisa é certa, este futuro vai chegar, e mais breve do que você imagina!

Referências:

http://www.oficinadanet.com.br/post/13927-o-que-e-internet-das-coisas
http://biblioo.info/internet-das-coisas/

Teste grátis a ferramenta para gestão da qualidade Qualyteam

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.