Hoje vamos ver, passo a passo, como criar um gráfico de Pareto usando o Microsoft Excel. O princípio de Pareto, também conhecido como o princípio 80 20, foi apresentado em 1897 por Vilfredo Pareto. Ele afirmou que 80% da riqueza mundial concentrava-se em 20% da população. Mais tarde verificou-se que essa relação de concentração acontece em vários outros ramos da ciência, como concentrações demográficas e em ciências organizacionais.

Para seguir este passo a passo, você precisa ter registrado as ocorrências da sua empresa e identificado as suas causas, seja de forma braçal no Excel ou em uma ferramenta específica como o TeamTOOLS (clique para conhecer).

Atacando 1/5 de nossas causas, resolvemos 4/5 de nossos problemas.

Em uma organização, 80% dos seus problemas podem estar ligados a 20% das causas geradoras de problemas nessa organização. Isso quer dizer que, atacando 1/5 de nossas causas potenciais, estaremos resolvendo 4/5 de nossos problemas. Claro que a relação não é perfeitamente exata, mas nos dá a ideia de concentração e priorização no ataque às causas dos problemas. Através do diagrama, podemos organizar os problemas por ordem de frequência com que eles acontecem. Depois basta focar nos primeiros 20%.

 

Para desenvolver um gráfico de Pareto, você pode utilizar o Microsoft Excel. Você também pode baixar a planilha pronta no blog Total Qualidade clicando aqui.

Pareto1.º Passo

Liste no Excel todas as causas dos problemas e a quantidade de ocorrências relacionadas a elas. Em nosso exemplo listamos reclamações de clientes.

 

Pareto2. º Passo
Coloque as ocorrências de forma decrescente e calcule as porcentagens de cada uma e a porcentagem acumulada.

 

Pareto3.º Passo
Crie um gráfico de barras e de linhas, onde as barras serão as porcentagens de cada motivo e a linha será o acumulado das ocorrências, como na imagem.

Seu diagrama de Pareto ou gráfico de Pareto no Excel está pronto! Note que atacando as duas primeiras causas, você estaria resolvendo mais de 80% das reclamações.

 

Para controlar as ocorrências, recomendo o TeamTOOLS, software para gestão de não-conformidades que  oferece condições para que você trate as não-conformidades reais com ações corretivas e não conformidades potenciais com ações preventivas. 

À medida em que a empresa vai tratando suas não-conformidades com ações corretivas e eficazes, as ocorrências reais tendem a reduzir. No TeamTOOLS  você pode incluir o Diagrama de Pareto junto à análise de causa das não-conformidade para priorizar e acompanhar o plano de ação e o desempenho das ações implementadas através de indicadores representados por gráficos.

Quer saber como? Peça uma demonstração.

Referências:
http://www.oficinadanet.com.br/post/10218-elaborando-um-grafico-de-pareto#axzz2ZxuqRuTE
http://gestaoeficiente.blogspot.com.br/2012/07/o-que-e-diagrama-de-pareto-passo-passo.html
http://www.totalqualidade.com.br/